A Mclaren mostra sua máquina

A equipe de Woking trouxe para a temporada 2012 da F-1 um monoposto a princípio bem conservador. Chamado de MP4-27, o carro atual da Mclaren tem linhas bem menos ousadas que seu antecessor, o modelo MP4-26.

Comparação Lateral MP4-26/MP4-27

Vista lateral MP4-26 vs. MP4-27

A única diferença gritante é a ausência do perfil “U” nos sidepods. No mais, as diferenças nos modelos deverá ser detalhadas em palavras pois são pequenas.

Vista Superior MP4-26 vs. MP4-27

Vista Superior MP4-26 vs. MP4-27

 

Essas mudanças pequenas nos modelos de 2011 e 2012 são por conta do atual regulamento técnico da categoria.

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) determinou algumas coisas a conferir.

Os bicos do carro devem ser rebaixados de 625mm para 550mm (isso é em relação ao assoalho do carro) ao longo de 150mm. Foi essa determinação que gerou o bico do carro modelo CT-01 da equipe Caterham (Ex-Lotus Malaia) como podemos ver na figura abaixo.

O bico de jacaré do CT-01

Ops... alguns podem - e devem - fazer a seguinte observação: Mas o MP4-27 da Mclaren não tem o degrau que tem o modelo da Caterham. Não estariam fora do regulamento?

Não. A regra dos 625mm de altura do bico do cockpit não é absoluta. Assim a Mclaren pode começar o bico do carro com 550mm, aumentar para 558mm e depois fazer o caimento suave para os 550mm na altura dos pneus dianteiros sem o solavanco que vemos no CT-01. Acredito que a peça que corta o ar e que está logo o bico do carro ajude no direcionamento do ar para os sidepods, permitindo aos projetistas deixarem o bico do cockpit começando de uma altura mais baixa. Esse detalhe pode ser conferido na figura e medida postada por Crai Scarborough.

O porque do bico da Mclaren ser liso

O porque do bico da Mclaren ser liso

Outra pequena porém notável diferença no MP4-27 são protuberâncias no final do sidepod, onde está localizada a saída do escapamento. Era muito provável que a equipe de Woking estivesse interessada em jogar os gases do escapamento para a parte inferior do areofólio traseiro, tentando stollar a peça e aumentar a velocidade final do monoposto. Recentemente, durante os testes em Jerez de La Frontera, ele modificaram a saída para testar o efeito dos gases sobre as rodas traseiras. A imagem do escape originalmente concebido e sua modificação durante os testes em Jerez podem ser vistas abaixo

Saída do escape no lançamento do carro

Saída do escape no lançamento do carro

 

 

Saida do escape no 1º teste em Jerez

Saida do escape no 1º teste em Jerez

Referências e Fontes das Imagens:

Gostou? Compartilhe! Curta! ReTweet!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google Plus
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • http://SpeedTrap.com.br/ @BetoPatux, BH, 27

    Bom review!
    E ótimo esclarecimento sobre a questão “polêmica” do bico.